Para além do pensamento da produção industrial, o design tem a liberdade da arte e da criatividade dentro de si. Eu, Isaac Bibiano, trabalho com comunicação visual desde os dezesseis anos de idade, a experiência assina que o que faço não é só meu trabalho, é também uma paixão. 

 

Minha experiência passa por agências, demandas-freelancer e também como designer contratado em empresas no Ceará. Este site é uma plataforma para você conhecer melhor a mim e ao meu trabalho enquanto designer gráfico e artista. Seja bem-vindo.

"Isaac é um profissional ímpar que eu dei a sorte de ter em meu caminho. Sua arte corre nas veias e sua inspiração e bom gosto tornam seus trabalhos únicos e de um bom gosto incomparável. [...]"

Ana Carolina Bortolo, especialista em marketing e eventos.

Casa de ferreiro, espeto de... ferro!

Realmente acaba sendo difícil achar tempo para fazer um projeto próprio, bom, completo; até porque nossa prioridade no trabalho é sempre o cliente. Mas, veja, não é impossível! Um tempinho livre aqui, uma esticada ali... É importante que nós, profissionais, também tenhamos nossa comunicação linda e muito bem apresentada. Confira abaixo meu projeto de personal brand.

 

Isaac Bibiano
P E R S O N A L   B R A N D

 

-

 

Olá!
Meu nome é Isaac Bibiano (Ceará, Brasil) e eu sou designer gráfico. 

Desde os dezesseis anos trabalho com comunicação visual, direção de arte para peças publicitárias e construções em geral on e off-line. Hoje, minha especialidade é criação de marca e identidade, atuo como designer e artista visual principalmente no Nordeste do Brasil, algo que fiz questão de inserir dentro da minha comunicação. 

Este projeto, particularmente, foi construído em alguns meses. O conceito visual da marca foi nascendo aos poucos, com detalhes e retalhos da vida de artista visual sendo encaixados aos poucos; esse processo se deu em uma temporada de trabalho numa conexão interestadual (2018-2019), quando tive a experiência de viver e transitar entre Jericoacoara, no interior praiano do Ceará, e a capital do Estado (Fortaleza / Itaitinga).

Caminhei entre o aconchego simples e amoroso da cidade natal à vida vibrante e nova do paraíso. O inverso também é verdadeiro.
São as idas e as voltas que fazem as histórias. Para mim, elas vieram nos caminhos entre as serras, os cactos e as águas das praias estendidas na imensidão do Nordeste do Brasil.

C O N C E I T O

 

-

Desde o começo eu sabia que queria caminhar entre alguns pontos que traduzem meu trabalho e processo criativo. Simplificando, seriam: o rústico, o histórico e o poético. 

O   R Ú S T I C O


é a beleza do simples. O trabalho manual, um artista em seu ateliê, o cuidado do artesão construindo sua obra. O pássaro construindo o ninho traz essa ideia de montagem; algo tão simples na natureza e ao mesmo tempo tão significativo. 

 

O   H I S T Ó R I C O


é representado pela tipografia serifada. As serifas remetem visualmente à impressa primitiva, os tipos de ferro dos textos impressos, há algumas décadas. O uso de uma textura digitalizada própria, que caminha entre o bronze e o dourado, também traz um pouco do visual de outros tempos mais antigos: arabescos, molduras, selos de cera e letras capitulares, por exemplo, muitas vezes traziam em si essas cores metálicas ou pastéis-escuras e eram elementos comuns nos processos de comunicação cotidiana. Dentro desse ponto histórico, que não é bem definido (Idade Média até a Idade Contemporânea), eu busquei elementos que me agradam visualmente, e então se misturariam, compondo o visual do projeto. A cultura nordestina sertaneja tem pontos que se assemelham à cultura européia medieval, quando olhada de perto, e, para mim, elas casam perfeitamente. 

O   P O É T I CO


vem com a imagem da marca, que é a andorinha trazendo um galho florido. Este símbolo de beleza, simplicidade e construção é parte que eu extraí de uma ilustração autoral, chamada "Sagração". Além de serem muito poéticos, os pássaros, e neste caso a andorinha, é uma ave comum em muitos ambientes e regiões, inclusive aqui no Nordeste. Em alguns lugares, ao final da tarde, é possível ver um bando delas voando por perto, enquanto o céu está escurecendo, quando o dia está quase declinado por completo. É um momento lindo.

© 2019 por Isaac Bibiano​. Todos os direitos reservados.